Coreia do Norte gastou US$ 700 milhões em testes nucleares e mísseis

A empobrecida Coreia do Norte gastou no decorrer deste ano 700 milhões de dólares em testes nucleares e com mísseis, dinheiro suficiente para alimentar sua população durante pelo menos dois anos, informa um jornal sul-coreano.

AFP |

A informação inclui os US$ 43 milhões gastos no lançamento de cinco Scud e dois mísseis Rodong sábado passado, destaca o jornal Chosun Ilbo.

Fontes do governo não reveladas pelo jornal destacam que o lançamento, no dia 5 de abril, do míssil de longo alcance Taepodong-2 custou 300 milhões de dólares. Outros US$ 10 milhões foram gastos por cada um dos 10 mísseis de curto alcance lançados nas últimas semanas.

O teste nuclear de 25 de maio - o segundo do país desde 2006 - teve custo calculado entre 300 e 400 milhões de dólares.

O jornal afirma que Pyongyang poderia ter comprado um milhão de toneladas de arroz por 300 milhões de dólares, quantidade que teria resolvido o problema da fome na Coreia do Norte por um ano.

Leia mais sobre: Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coréia do nortecoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG