Coreia do Norte fracassa ao colocar satélite em órbita (Seul e EUA)

O satélite que a Coreia do Norte diz ter lançado neste domingo não foi colocado em órbita, contrariamente ao que afirmou o regime comunista, indicou o ministro sul-coreano da Defesa, repetindo as declarações do exército americano.

AFP |

"Os três estágios do foguete foram destruídas no mar. Nenhum objeto entrou em órbita", afirmou Lee Sang-hee no Parlamento.

"A tentativa de colocar um satélite em órbita fracassou", afirmou, acrescentando que a Coreia do Sul e os Estados "iam continuar analisando a situação".

Um pouco mais cedo, o exército americano afirmou que o engenho havia aterrissado no Pacífico.

"O primeiro estágio do míssil caiu no mar do Japão", declararam o Comando da defesa aeroespacial da América do Norte (Norad) e o Comando militar norte em um breve comunicado.

"Os estágios restantes, assim como o próprio engenho caíram no Oceano Pacífico", acrescentaram. "Nenhum objeto entrou em órbita e nenhum estilhaço caiu no Japão", segundo a mesma fonte.

A Coreia do Norte, que possui um longo passado de declarações sujeitas à confirmação, afirmou neste domingo ter colocado em órbita um satélite de telecomunicações Kwangmyongsong-2, o qual difundiria "cantos imortais patrióticos".

"O satélite realiza suas rotações normalmente em sua órbita", afirmou a agência oficial KCNA.

ckp/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG