Coreia do Norte expulsa inspetores e deve reativar usinas nucleares

SÃO PAULO - Depois de anunciar sua saída acordo de desarmamento nuclear, a Coreia do Norte expulsou nesta quarta-feira os inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) do país. De acordo com um comunicado da AIEA, além disso, a Coreia do Norte determinou a remoção de todo o equipamento de vigilância. O governo coreano afirmou ainda que vai reativar seu programa nuclear, em resposta à condenação do Conselho de Segurança da ONU ao lançamento de um foguete no início do mês.

Valor Online |

As demais nações que fazem parte do acordo - entre elas, China, Japão, Rússia, Coreia do Sul e EUA - devem agora definir se tentam recomeçar o processo de conversação com a Coreia do Norte.

Em Washington, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, afirmou que a recusa do país ao acordo internacional e a retomada de seu programa nuclear é "um sério passo na direção errada".

(Vanessa Dezem | Valor Online, com agências internacionais)

    Leia tudo sobre: coréia do norte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG