Coreia do Norte enviará delegação ao funeral de Kim Dae-jung

Seul - A Coreia do Norte enviará uma delegação ao funeral do ex-presidente sul-coreano Kim Dae-jung, morto nesta terça-feira e que quando esteve no poder impulsionou a reconciliação entre os dois países, informou hoje a agência de notícias local Yonhap.

EFE |

O ditador norte-coreano, Kim Jong-il, enviou hoje suas condolências à família de Kim Dae-jung, com quem se reuniu em 2000 em uma histórica cúpula em Pyongyang.

"Lamentamos sua morte, mas seu trabalho para alcançar a reconciliação nacional e a reunificação permanecerá", disse o ditador, citado pela agência de notícias norte-coreana "KCNA".

Kim Dae-jung foi presidente da Coreia do Sul entre 1998 e 2003, período em que impulsionou a reconciliação na península coreana e buscou pôr fim à divisão entre as duas Coreias, algo que não conseguiu mas que lhe rendeu em 2000 o Prêmio Nobel da Paz.

Um de seus ajudantes disse hoje que a Coreia do Norte informou, em carta, que enviará cinco representantes ao funeral de Kim, mas o Governo sul-coreano ainda não recebeu um comunicado oficial, segundo a "Yonhap".

Leia mais sobre: Coreia do Sul - Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coreiacoréia do nortecoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG