Coreia do Norte diz ter detido norte-americano por invasão

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte informou nesta quinta-feira ter detido para interrogatório um norte-americano que entrou em seu território vindo da China em 25 de janeiro. A agência oficial norte-coreana KCNA disse que o homem havia invadido o território, mas não deu mais detalhes.

Reuters |

A Coreia do Norte mantém preso outro cidadão norte-americano, o ativista Robert Park, que foi capturado em dezembro quando cruzava a fronteira do país comunista, alegando que pretendia aumentar a consciência sobre os abusos de direitos humanos.

Os Estados Unidos, que não têm relações diplomáticas com a Coreia do Norte, disseram que pediram à Suécia, país que representa seus interesses em Pyongyang, que tentasse apurar o fato.

"Obviamente é algo que levamos a sério", disse a repórteres, em Washington, o porta-voz do Departamento de Estado, P.J. Crowley, alegando que os Estados Unidos não tinham uma confirmação do caso, mas que era plausível.

(Reportagem de Jack Kim)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG