A Coréia do Norte, que entregou na quinta-feira uma declaração sobre as atividades nucleares, destruiu nesta sexta-feira uma torre de esfriamento do reator nuclear de Yongbyon, segundo o canal sul-coreano MBC TV.

A demolição da torre de esfriamento do principal complexo atômico norte-coreano, que simboliza o compromisso do regime comunista com o fim do programa nuclear, deveria ter sido exibido ao vivo pelos meios de comunicação internacionais, mas isto não aconteceu, aparentemente por problemas técnicos.

Em um acordo assinado em fevereiro de 2007 com Estados Unidos, China, Coréia do Sul, Japão e Rússia, a Coréia do Norte se comprometeu a desativar e em seguida desmantelar as instalações atômicas em troca de uma ajuda equivalente a um milhão de toneladas de petróleo, vitais para este país de 23 milhões de habitantes que sofre com a fome e a falta de produtos de primeira necessidade.

lim/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.