A Coréia do Norte deixou de desativar suas usinas nucleares em protesto contra a rejeição de Washington em cumprir sua promessa de retirá-la de sua lista de países que apóiam o terrorismo, indicou a imprensa oficial.

Os trabalhos de desativação serão suspensos no dia 14 de agosto, de acordo com um porta-voz do Ministério norte-coreano das Relações Exteriores, citado pela KCNA, a agência de notícias do regime comunista norte-coreano.

ckp/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.