Coreia do Norte confirma detenção de ativista americano

SEUL - A Coreia do Norte confirmou nesta terça-feira que um ativista americano foi detido no país na quinta-feira passada por atravessar ilegalmente a fronteira com a China, segundo informou a agência oficial norte-coreana KCNA.

EFE |

"Um americano foi detido no dia 24 de dezembro após entrar ilegalmente a Coreia do Norte através da fronteira com a China e está sendo investigado pelas autoridades competentes", indicou a agência.

Segundo veículos de imprensa sul-coreanos, Robert Park, de 28 anos, um missionário e ativista pró direitos humanos de origem coreana, cruzou a fronteira vindo da China com o objetivo de entregar uma carta ao líder norte-coreano, Kim Jong-Il, e pedir-lhe o fechamento dos campos de trabalho norte-coreanos.

Leia mais sobre: Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: ativistascoréia do norteestados unidos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG