Coréia do Norte comemora retirada da lista negra dos EUA

Seul, 27 jun (EFE).- A Coréia do Norte comemorou hoje a decisão dos Estados Unidos de retirá-la da lista de países patrocinadores do terrorismo, ao mesmo tempo em que a televisão sul-coreana emitia a demolição da torre de resfriamento da usina nuclear de Yongbyon.

EFE |

"Avaliamos de forma positiva esta medida e damos as boas-vindas", disse um porta-voz do Ministério de Exteriores norte-coreano, informou a agência norte-coreana "KCNA", citada pela agência sul-coreana "Yonhap".

O porta-voz também mencionou que os EUA deixarão de aplicar à Coréia do Norte as sanções comerciais que regem na Lei de Comércio com o Inimigo.

A Coréia do Norte afirmou que essa suspensão de sanções deveria seguir com o abandono total da política hostil em relação a Pyongyang por parte de Washington, o que permitirá que a realização sem altos e baixos do processo de desnuclearização.

Em Pyongyang, a televisão sul-coreana "MBC" transmitiu hoje a destruição da torre de resfriamento na usina nuclear de Yongbyon, na presença do diretor do Departamento de Estado americano para Assuntos das Coréias, Sung Kim. EFE ce/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG