Coreia do Norte celebra aniversário do fundador com rações extras

A Coreia do Norte celebra nesta quarta-feira o nascimento de seu fundador em um ambiente festivo, segundo a propaganda do regime, um dia depois que as autoridades anunciaram a retirada das negociações sobre seu programa nuclear.

AFP |

A "Festa do Sol" celebra o aniversário de nascimento de Kim Il-Sung, pai do atual dirigente Kim Jong-Il, proclamado "presidente para a eternidade" quando faleceu, em 1994.

Nesta ocasião são distribuídas rações à população, vítima de uma escassez alimentar crônica, assim como doces para as crianças, segundo a imprensa oficial.

A Coreia do Norte vive numa autarquia quase completa há mais de meio século e a ideologia oficial proclama uma autossuficiência que mergulhou grande parte da população na fome, no terror e no subdesenvolvimento.

Segundo a propaganda oficial, milhares de pessoas se reuniram na capital Pyongyang para visitar o mausoléu de Kim Il-Sung.

A Coreia do Norte informou na terça-feira à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) que encerrava imediatamente toda e qualquer cooperação, e que reativará suas instalações nucleares.

Além disso, Pyongyang exigiu que os inspetores da agência deixem o país o quanto antes e informou a AIEA que decidiu reativar todas as instalações nucleares.

A Coreia do Norte também anunciou que vai abandonar as negociações entre seis países e reativar seu programa nuclear, em uma reação à condenação pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas pelo disparo de um míssil de longo alcance.

ckp/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG