Coreia do Norte celebra 68º aniversário de Kim Jong-il

Seul, 16 fev (EFE).- O 68º aniversário do amado líder norte-coreano, Kim Jong-il, foi celebrado hoje como festa nacional no país comunista, com grandes eventos e programações especiais na televisão, informou a imprensa sul-coreana.

EFE |

As celebrações, que tiveram mais destaque que a chegada do Ano Novo Lunar na segunda-feira, ocorrem em plena polêmica pela reforma monetária do regime comunista, que piorou a inflação e tornou mais difícil a aquisição de bens de primeira necessidade no mercado negro.

Há poucos dias o regime comunista se desculpou pelo aparente fracasso da valorização de sua moeda, em novembro, que provocou a demissão do diretor de Finanças do Partido dos Trabalhadores norte-coreano, segundo veículos de comunicação da Coreia do Sul.

Além disso, a data coincide com uma atitude mais conciliadora de Pyongyang em relação a Seul e Washington, aos quais voltou a oferecer hoje "diálogo e negociação", em pronunciamento do "número dois" do país comunista, Kim Yong-nam, segundo a agência norte-coreana "KCNA".

Desde sábado, a televisão estatal norte-coreana transmitiu programações especiais louvando a figura de Kim-Jong-il e desejando-lhe boa saúde, enquanto mais de 100 mil pessoas se reuniram em Pyongyang para cantar slogans políticos.

O estado de saúde de Kim causa preocupação na Coreia do Norte.

Segundo relatórios de inteligência, o derrame cerebral que o líder sofreu em 2008 acelerou o processo de sucessão, e seu filho mais novo, Kim Jong-eun é o mais cotado para assumir o Governo. EFE ce-jmr/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG