Coreia do Norte aumenta atividade em centro de teste nuclear

Seul, 7 mai (EFE).- A Coreia do Norte intensificou as atividades na base de Kilju, na província norte-coreana de Hamgyong, local onde aconteceu o teste nuclear de 2006, informa hoje o jornal sul-coreano Chosun Ilbo.

EFE |

Além disso, o jornal sul-coreano, que cita fontes governamentais de Seul, indica que o regime comunista está acelerando os trabalhos de construção de um centro de testes de mísseis de longo alcance na base de Tongchangri, na província de Pyongan-Norte.

Segundo o jornal, os serviços secretos sul-coreanos detectaram movimento de veículos e pessoal tanto no centro de testes nucleares quanto em Tongchangri, onde estão mobilizando equipamentos e novo pessoal.

As fontes consultadas pelo jornal afirmam que as instalações da base de Tongchangri, destinadas ao desenvolvimento e teste de mísseis, poderiam concluir no final de ano após oito anos de construção.

As autoridades militares de Seul acham que o aumento da atividade neste centro militar diz respeito a seu desenvolvimento de mísseis intercontinentais e poderia ser o prelúdio de um teste, depois do lançamento de um satélite em 5 de abril, duramente criticado pela comunidade internacional.

A Coreia do Norte ameaçou realizar um teste nuclear, após a condenação do Conselho de Segurança da ONU, e anunciou o abandono das negociações multilaterais para o desarmamento norte-coreano, das quais participava desde 2003 junto com Rússia, Estados Unidos, Japão, China e Coreia do Sul. EFE ce-jmr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG