A Coréia do Norte ameaçou nesta quarta-feira realizar um teste nuclear e outras medidas de autodefesa a menos que receba uma desculpa das Nações Unidas depois de ter sido sancionada pelo lançamento de um foguete no início de abril.

"A menos que o Conselho de Segurança da ONU apresente desculpas imediatamente, nós nos veremos obrigados a tomar medidas adicionais de autodefesa para proteger os interesses superiores de nossa república", declarou um porta-voz do ministro das Relações Exteriores.

"Estas medidas incluirão um teste nuclear e um teste de míssil balístico", acrescentou.

lim/sm/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.