Coréia do Norte afirma que houve avanços no diálogo nuclear com os EUA

Seul, 24 abr (EFE).- A Coréia do Norte afirmou hoje que suas últimas reuniões com uma delegação dos Estados Unidos permitiram conseguir avanços para o processo de desnuclearização, informou a agência KCNA, citada pela sul-coreana Yonhap.

EFE |

"As negociações se desenvolveram de forma sincera e construtiva, e houve avanços", disse um porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores norte-coreano, segundo a "KCNA".

Segundo o porta-voz, nesse diálogo foram discutidos a declaração nuclear norte-coreana e assuntos práticos para realizar o desmantelamento nuclear.

O comentário norte-coreano aconteceu horas depois que um grupo de especialistas dos EUA em assuntos nucleares voltou a Seul após ficar três dias no país comunista, para avançar na declaração nuclear norte-coreana exigida por Washington.

Segundo fontes diplomáticas sul-coreanas, a delegação - liderada pelo diretor para Assuntos da Coréia do Departamento de Estado americano, Sung Kim - voltou a Seul por estrada e está agora à espera das diretrizes de Washington.

Antes de chegar à Coréia do Norte, Sung Kim tinha se mostrado confiante em que pudessem ser alcançados resultados concretos para o processo de desnuclearização durante sua viagem.

Em 9 de abril, a Coréia do Norte anunciou que tinha alcançado um acordo com os EUA sobre a declaração completa de seu potencial nuclear, o que Washington exige desde que acabou o prazo dado a Pyongyang pela Coréia do Sul, China, Japão, Rússia e EUA, no final de 2007. EFE ce/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG