Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Coréia do Norte adverte que medidas em Kaesong não são temporárias

Tóquio, 17 dez (EFE).- Um alto funcionário do Ministério da Defesa da Coréia do Norte disse hoje que as restrições do regime comunista sobre o complexo industrial fronteiriço de Kaesong não são temporárias, segundo a agência sul-coreana de notícias Yonhap.

EFE |

Segundo o Ministério da Unificação sul-coreano informou hoje, o membro da Comissão Nacional de Defesa norte-coreana Kim Yong-chol viajou ao complexo industrial para comprovar o funcionamento das medidas adotadas por Pyongyang.

Durante sua visita, a primeira desde que o regime norte-coreano restringiu, a partir de 1º de dezembro o acesso dos sul-coreanos através da fronteira, reuniu-se com cerca de 150 empresários de Kaesong e inspecionou várias de suas instalações, segundo a "Yonhap".

Segundo o Ministério da Unificação, o alto cargo norte-coreano não falou sobre que fossem iniciar novas medidas de restrição fronteiriças, mas especificou que será preciso esperar o final de sua inspeção de dois dias para saber mais detalhes.

O militar norte-coreano previa visitar até amanhã 12 empresas sul-coreanas instaladas no complexo industrial. EFE ce-icr/an

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG