COP15 continua sem acordo

Copenhague, 18 dez (EFE).- Os contatos a portas fechadas continuavam hoje na Cúpula das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP15), em Copenhague, sem que as negociações oficiais tivessem chegado a um acordo final para determina metas de redução das emissões de gases de efeito estufa.

EFE |

A sessão plenária matinal terminou com atraso e os líderes participantes deram uma pausa nas conversas para o almoço. No entanto, por volta das 18h locais (15h, no horário de Brasília) as negociações ainda não tinham sido retomadas.

Eric Hall, porta-voz da conferência, descartou hoje à Agência Efe que as negociações possam se prolongar além da meia-noite local de hoje, horário em que a reunião termina oficialmente.

"Teremos que beber muito café esta noite", disse o porta-voz diante da longa noite que os negociadores terão que enfrentar para pactuar um acordo de mínimos sobre as emissões e o financiamento de medidas para mitigar os efeitos da mudança climática nos países em desenvolvimento.

Nem a presença em Copenhague do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, parece ter dado o impulso necessário para quebrar o clima morto das conversas, já que não fez nenhuma nova oferta para relançá-las, salvo um comentário sobre a necessidade de "atuar em vez de falar".

Por sua parte, o Conselho Europeu se reuniu para coordenar a postura dos 27 países-membros devido à falta de avanços nas negociações, após ter elaborado um texto comum como base de trabalho.

A esta altura, vários líderes participantes de Copenhague já não consideram mais a possibilidade de assinatura de um documento juridicamente vinculativo que regule as emissões e alguns líderes, como o presidente venezuelano, Hugo Chávez, optaram por abandonar a conferência diante da falta de progressos. EFE rs/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG