Continua tentativa de resgatar operários presos em mina na China

Pequim, 7 jun (EFE).- As equipes de resgate chinesas tentam salvar 27 mineiros presos dentro de uma mina na província sudeste de Chongching, após um deslizamento de terras que deixou no total 72 desaparecidos, informa hoje a agência estatal Xinhua.

EFE |

Com a esperança de que os mineiros ainda continuem vivos, os socorristas chineses utilizaram explosivos na manhã do sábado perto da entrada da mina.

Além disso, outros especialistas tentam fazer um buraco de 40 metros de profundidade em uma colina próxima à montanha para que entre ar e poder passar água e alimentos aos mineiros.

Os mineiros estão a uma profundidade de entre cerca de 150 e 300 metros e acredita-se que dispõem de ar para sobreviver por sete dias.

Além dos 27 mineiros presos dentro da mina, continuam desaparecidos sob os escombros nos arredores 21 moradores locais, 18 mineiros que trabalhavam na superfície, 4 transeuntes e 2 trabalhadores de uma companhia de telecomunicações.

Um acidente similar aconteceu em setembro do ano passado na província de Shanxi (norte do país), na qual morreram 277 pessoas quando uma montanha de escória e pedras desabou sobre uma mina. EFE rat/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG