transmissão ativa da gripe em zonas da Argentina e Chile - Mundo - iG" /

Continua transmissão ativa da gripe em zonas da Argentina e Chile

Genebra, 21 ago (EFE).- Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou hoje que continua observando uma transmissão ativa da nova gripe em certos países do hemisfério sul, particularmente em zonas da Argentina, Chile e Austrália, apesar de que a incidência nacional nestes três países decresceu.

EFE |

Segundo o último relatório da situação da pandemia no mundo, divulgado hoje por esse pela OMS, os índices da gripe continuam em queda de maneira geral "nas regiões temperadas do hemisfério sul", exceto na África do Sul.

Em tanto, "nas regiões tropicais da América Central, principalmente na Costa Rica e El Salvador", se registra "alta taxa de transmissão ativa".

A OMS acrescenta que na Europa e América do Norte, os índices estão declinando, embora o vírus ainda se encontre em grande número em ambas as regiões.

As análises puseram em evidência que "nas zonas temperadas do hemisfério sul" o vírus da nova gripe praticamente substituiu ao da gripe normal que circulava habitualmente em quase todos os países dessa do mundo.

Isso permite supor - segundo especialistas da organização - que será grande a incidência da nova gripe na primeira fase do inverno no hemisfério norte.

Além disso, a OMS indicou hoje que verificou doze casos de resistência ao antiviral Tamiflu, o fármaco comumente utilizado para tratar a nova gripe.

Segundo a última apuração de casos em nível mundial, o número de afetados pela gripe ascendeu a 182.166 no mundo todo e um total de 1.799 pessoas morreram.

Além disso, a propagação do vírus continua, com um total de 177 países que notificaram casos, incluindo lugares quase isolados como a ilha de Tuvalu, na Polinésia. EFE is/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG