Continua evacuação pela ameaça de erupção vulcânica nas Filipinas

Manila - As autoridades das Filipinas, com o apoio do Exército, continuam fazendo hoje a evacuação obrigatória de milhares de residentes em localidades próximas ao vulcão Mayon, que desde segunda-feira ameaça entrar em erupção.

EFE |

O Conselho para a Coordenação de Desastres Naturais indicou que ao longo da quinta-feira pretende terminar a operação de evacuação com a transferência de outras 20 mil pessoas para refúgios habilitados em edifícios públicos e escolas da província de Albay, na região central do país.

Até primeiras horas desta quinta-feira, os serviços de Defesa Civil tinham evacuado cerca de 32 mil pessoas, que foram levadas em caminhões militares para 23 refúgios fora da área de perigo, estabelecida em um raio de 8 quilômetros em torno do Mayon.

Segundo o Instituto Filipino de Vulcanologia, as explosões aumentam gradualmente, e desde segunda-feira foram detectadas 150, que causaram fortes tremores e expulsaram cinza e lava.

Desde o início das explosões, a lava expelida pelo vulcão forma um rio de aproximadamente 700 metros, e os fragmentos caem a uma distância de até três quilômetros da cratera.

Leia mais sobre: Filipinas

    Leia tudo sobre: filipinasvulcão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG