Contatos entre ministros antecedem reunião de Lula e Mujica

Brasília, 29 mar (EFE).- Um intenso diálogo entre ministros do Uruguai e do Brasil antecede nesta segunda-feira o encontro dos presidentes dos dois países, José Mujica e Luiz Inácio Lula da Silva, que se reunirão nesta noite.

EFE |

Mujica chegou a Brasília no domingo à noite e nesta manhã permaneceu na sede da representação diplomática de seu país, na qual teve reuniões com o pessoal da embaixada.

Já os ministros que formam a delegação que acompanha em sua primeira visita oficial ao Brasil fizeram os primeiros contatos com autoridades do país vizinho, ao que Mujica, numas breves declarações, considerou o "principal parceiro comercial" do Uruguai.

"Temos que consolidar esta relação, porque é muito importante para o Uruguai", declarou Mujica, que está acompanhado dos ministros da Indústria, Energia e Mineração, Roberto Kreimerman; e da Pecuária, Agricultura e Pesca, Tabaré Aguerre.

Kreimerman se reuniu nesta segunda-feira com o ministro brasileiro das Comunicações, Hélio Costa, e com o titular do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge.

Nesta última conversa, segundo disseram à Efe fontes oficiais, foram analisadas as possibilidades para aumentar as trocas bilaterais, que em 2009 somaram US$ 2,6 bilhões, com a balança comercial favorável ao Brasil, que exportou produtos para o Uruguai no valor de US$ 1,360 bilhão.

Tabaré Aguerre ainda se reuniu com autoridades do Ministério da Agricultura.

As fontes consultadas pela Agência Efe disseram que nesses encontros, os ministros uruguaios mostraram interesse na revisão de alguns impedimentos comerciais existentes entre os dois países, que impõem obstáculos à entrada desses produtos ao Brasil.

A reunião entre Lula e Mujica, que ambos classificaram como uma "reunião de velhos amigos", está prevista para as 19h na hora local e será seguida de um jantar no Palácio de Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores.

De acordo com a chancelaria brasileira, a agenda será centrada em assuntos comerciais e de investimentos mútuos, a integração das cadeias produtivas e o desenvolvimento de obras de infraestrutura nas áreas de fronteira.

Nesse último ponto, o interesse principal é a interconexão elétrica, a integração das redes ferroviárias, a construção de uma nova ponte na fronteira e obras necessárias para melhorar a conexão fluvial entre Brasil e o Uruguai.

Mujica deve retornar na terça-feira para Montevidéu em um voo comercial, que fará escala no aeroporto internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. EFE ed/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG