Contas mostram que, em junho, McCain gastou mais do que arrecadou em campanha

Washington, 19 jul (EFE).- O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, arrecadou mais de US$ 21 milhões durante o mês de junho, mas gastou quase US$ 26 milhões em comícios e outros atos, informou hoje seu escritório de campanha.

EFE |

Segundo números do Comitê Federal Eleitoral, o senador pelo Arizona gastou mais de US$ 16 milhões em anúncios, quase cinco vezes mais que em maio, quando a senadora por Nova York Hillary Clinton ainda estava na disputa pela candidatura democrata à Presidência.

McCain também aumentou em 9% suas despesas recorrentes, que chegaram a quase US$ 25 mil.

No total, os gastos de McCain, que mais do que dobraram em relação a maio, excederam em mais de US$ 4 milhões o que foi arrecadado.

Junho foi o melhor mês para McCain em termos de arrecadação, que superou um pouco a quantia levantada no mês anterior.

O aumento das contribuições à campanha do republicano se deve a uma melhora na gestão do comitê de arrecadação que McCain criou em conjunto com o Comitê Nacional Republicano.

Atualmente, a dívida de campanha contraída pelo candidato chega a US$ 1,4 milhão.

Como gastou mais do que arrecadou, McCain está com menos dinheiro para sua campanha.

Em maio, o senador tinha no banco US$ 31,6 milhões para gastas com comícios, anúncios e outros atos, ao passo que, em junho, essa soma havia diminuído para US$ 27 milhões. EFE ca/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG