Contaminação deixa 1,5 milhão sem água na China

Pequim - Um vazamento de fenol, substância química que pode ser tóxica se ingerida em grandes quantidades, forçou o corte, durante três dias, do abastecimento de água da cidade chinesa de Yancheng, na província de Jiangsu, que tem 1,5 milhão de moradores, informou neste domingo a agência oficial de notícias Xinhua.

EFE |

Segundo porta-vozes do governo local citados pela agência, o vazamento foi causado pela empresa química Biaoxin Chemical, cujos resíduos foram parar no rio Xinyanggang, principal fonte de abastecimento da cidade.

Dois representantes da companhia, Hu Wenbiao, do departamento jurídico, e Ding Yuesheng, gerente da fábrica, foram detidos.

Leia mais sobre contaminação

    Leia tudo sobre: contaminação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG