Contágios da gripe na UE são esporádicos, dizem especialistas

Bruxelas, 8 mai (EFE).- O Centro de Prevenção e Controle de Doenças da União Europeia (ECDC) considera que os infectados pelo vírus da gripe suína que não viajaram à América do Norte são esporádicos, após constatar cinco novos casos do tipo nas últimas 24 horas.

EFE |

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

O número total de infectados na Europa chega a 156, após a detecção de 14 novos casos, metade deles só na Espanha, segundo os últimos dados divulgados por esse centro, que tem sede em Estocolmo.

O ECDC afirmou que o ritmo de propagação da gripe em território europeu "não é sustentado", embora "tenham sido detectados casos esporádicos de contágio" entre pessoas que não viajaram a regiões onde o surto foi mais intenso.

O número acumulado de contágios do tipo nos países do bloco, mais Noruega, Suíça, Liechtenstein e Islândia, chega a 22.

Até o momento, 13 países europeus confirmaram contágios do vírus, e a Espanha é o país mais afetado, com 88 casos, seguida por Grã-Bretanha (34), França e Alemanha (ambos com dez ocorrências).

No resto do mundo, há mais de 2.300 casos registrados em 11 países, dos quais mais da metade se concentram no México. EFE ahg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG