Contagiados pela gripe duplicam em menos de 24 horas no Chile

Santiago do Chile, 5 jun (EFE).- O número de pacientes contagiados pela gripe suína no Chile se duplicou nesta sexta-feira ao chegar a 890 casos, informou o Instituto de Saúde Pública (ISP).

EFE |

Até esta quinta-feira, a autoridade sanitária contabilizava 393 contagiados, número que mudou hoje porque começaram a se somar os pacientes tratados em centros assistenciais particulares que no total são 479.

A maior quantidade de casos graves se concentra na cidade de Puerto Montt (sul), localizada a cerca de mil quilômetros de Santiago, sendo qualificada por especialistas sanitários como "um lugar único" no Cone Sul da América para estudar a expansão da gripe suína.

Esta afirmação se sustenta no fato de que cinco dos seis pacientes graves no Chile pertencem à região e a primeira morte pelo vírus AH1N1 se registrou ali.

É por isto que uma equipe de epidemiologistas, liderado pela doutora Elena Pedroni da Organização Pan-americana da Saúde (OPS), chegou nesta quinta-feira a dita cidade com a missão de identificar quais seriam os fatores de risco que incidem nestes casos.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ls/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG