Consulado diz que SMS é a melhor forma de ter notícias do Japão

Escritório consular japonês em Porto Alegre fornece lista de sites em que serviço pode ser acessado

Flávia Salme, iG Rio de Janeiro |

O escritório consular do Japão em Porto Alegre informa que a melhor maneira de buscar informações sobre brasileiros que vivem no Japão é por meio de mensagem de texto (SMS) via telefone celular. Em nota, o órgão orienta: “No momento os telefones não estão funcionando por falta de luz e mandar mensagens pelo celular talvez seja o meio mais rápido de obter noticias”.

O consulado encaminhou uma lista com o endereço dos sites das empresas operadoras que oferecem o serviço naquele país. As páginas estão acessíveis apenas em japonês e inglês. É preciso digitar o número do telefone de quem se procura em uma caixa de busca disponibilizada no endereço eletrônico. Se a pessoa em questão tiver postado alguma mensagem sobre sua condição no Japão após o terremoto , o texto será apresentado na tela.

O último balanço oficial do governo informou que o tremor seguido de tsunami deixou ao menos 137 mortos e centenas de desaparecidos. Mas a polícia afirmou ter encontrado entre 200 e 300 corpos na costa de Sendai.

A Embaixada do Brasil no Japão informou que, por enquanto, não há brasileiros entre as vítimas do terremoto que atingiu o país nesta sexta-feira. Segundo a assessoria da representação diplomática, a maior parte dos 270 mil brasileiros que vivem em território japonês mora na região sul e os tremores ocorreram no norte.

A nota acrescenta que o site do governo japonês pode ser outra fonte de informação: www.kantei.go.jp/jp/kikikanri/jisin/20110311miyagi/index.html

Para deixar ou consultar recados nos sites das operadores de celulares acesse:

NTT-docomo
dengon.docomo.ne.jp/top.cgi

KDDI
dengon.ezweb.ne.jp/

dengon.softbank.ne.jp/

NTT-Esat
www.ntt-east.co.jp/saigai/index.html

WILLcom
www.willcom-inc.com/ja/dengon/index.html

E-mobile
dengon.emnet.ne.jp/

    Leia tudo sobre: terremotojapãotremortsunamibrasileirosinformações

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG