Polícia afirma que diplomata morreu com corte no pescoço; corpo teria sido encontrado por motorista

O cônsul da Nicarágua em Nova York foi encontrado morto com a garganta cortada na quinta-feira, disseram autoridades, na semana em que acontece a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

César Mercado, de 34 anos, estava baseado em Nova York e trabalhava em um escritório perto da sede da ONU em Manhattan.

Policiais vigiam entrada de prédio onde diplomata foi encontrado morto, em Nova York
Reuters
Policiais vigiam entrada de prédio onde diplomata foi encontrado morto, em Nova York


O serviço de emergências médicas o encontrou morto ao chegar a um apartamento no bairro do Bronx depois de responder a uma ligação, disse uma porta-voz da polícia. Meios de comunicação locais indicam que o corpo foi encontrado pelo motorista que iria buscá-lo e que o esperava na porta do apartamento.

Um comunicado da polícia disse que ele sofreu uma corte no pescoço, mas não forneceu mais detalhes da investigação.

O canal NY1, citando a polícia, disse que uma faca foi encontrada no local.

O vice-representante permanente na missão da Nicarágua na ONU, Danilo Rosales Díaz, identificou o corpo de Mercado. Ele disse que ainda não poderia comentar as circunstâncias da morte do diplomata.

* Com EFE e AFP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.