Conservadores aumentam liderança na Grã-Bretanha, diz pesquisa

LONDRES (Reuters) - Os conservadores britânicos aumentaram a vantagem sobre o governista Partido Trabalhista para nove pontos percentuais, mas ainda não asseguraram uma clara maioria nas eleições que serão realizadas em junho, demonstrou uma pesquisa de opinião nesta quinta-feira. A pesquisa YouGov, publicada pelo principal tablóide britânico, The Sun, colocou os Conservadores com 39 por cento das intenções de voto, os Trabalhistas com 30 por cento e os Liberais Democratas com 18 por cento.

Reuters |

A liderança de nove pontos dos Conservadores representou um aumento de dois pontos comparada à pesquisa YouGov realizada há duas semanas.

Mas o The Sun disse que isso ainda deixaria o líder do Partido Conservador, David Cameron, a dois assentos de uma maioria na câmara baixa do Parlamento, a Câmara dos Comuns.

Investidores temem que um Parlamento dividido possa levar a um governo fraco em um momento de severa tensão sobre as finanças públicas.

O déficit alcançará 178 bilhões de libras (279 bilhões de dólares) neste ano, mais do que o gasto total do governo Trabalhista, do primeiro-ministro Gordon Brown, no ano passado em escolas, saúde e defesa somados.

Os mercados receiam que um Parlamento dividido poderia protelar dolorosos mas necessários cortes em gastos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG