Conselho Presidencial do Iraque avalia pacto sobre tropas dos EUA

BAGDÁ - O Conselho Presidencial iraquiano estudou nesta terça-feira as propostas dos diferentes grupos políticos sobre a minuta do pacto de segurança entre Estados Unidos e Iraque, que será votado pelo Parlamento quarta-feira.

EFE |

Segundo um comunicado, o Conselho, integrado pelo presidente, Jalal Talabani, e seus dois vices, o sunita Tareq al-Hashemi e o xiita Adel Abdul Mahdi, analisou as propostas dos diferentes grupos sobre a minuta.

A nota diz ainda que durante a reunião desta terça o Conselho Presidencial discutiu os problemas e os assuntos mais delicados inerentes ao processo político atual.

O controvertido acordo regulará a presença das forças americanas no Iraque a partir do final deste ano, quando expira o mandato concedido pelo Conselho de Segurança da ONU.

Nos últimos dias, os diferentes grupos políticos debateram a minuta do pacto no Parlamento, onde a sessão de quinta-feira passada foi suspensa em meio a uma grande tensão, com os protestos dos deputados do Bloco Sadr (xiita), que consideram o acordo um processo de "venda" do Iraque.

Por outro lado, o vice-primeiro-ministro Burham Saleh pediu à Câmara que aprove o acordo com os EUA. Segundo Saleh, os blocos políticos expressaram um grande interesse pelo acordo de segurança, mas não prestaram atenção ao marco do pacto, que foi aprovado de forma unânime pelo Conselho de Ministros há pouco mais de uma semana. Para Saleh, uma rejeição do texto no Parlamento empurrará o Iraque "ao desconhecido".

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG