Conselho iraquiano concede assento no Parlamento a minorias religiosas

Bagdá, 8 nov (EFE) - O Conselho Presidencial do Iraque aprovou hoje uma emenda da Lei Eleitoral Provincial que concede um representante a cada comunidade religiosa minoritária nos conselhos provinciais de Basra, Ninawa e Bagdá, segundo disseram fontes parlamentares.

EFE |

A informação foi confirmada pelo chefe de gabinete da Presidência iraquiana Nasser al-Ani, em comunicado divulgado em Bagdá.

O responsável iraquiano destacou que "o mais importante ao que chegamos após todas estas consultas e debates é que o direito das minorias em ter assentos na Câmara chegou a estar assegurado".

Esta aprovação ocorre cinco dias depois que o Parlamento referendou a mesma emenda.

Então, 106 dos 150 deputados que estavam na câmara legislativa - formada por 275 legisladores- votaram a favor da emenda para dar um assento aos cristãos e outro aos sabeus no conselho provincial de Bagdá.

Além disso, com a aprovação desta emenda, os cristãos desfrutarão de uma cadeira no conselho de Basra e no de Ninawa, assim como os yazidi e os shabak, que também contarão com um representante.

O enviado das Nações Unidas no Iraque, Stefan de Mistura, apresentou recentemente às autoridades deste país uma proposta para conceder vários assentos às minorias religiosas iraquianas nas administrações provinciais.

Em outubro, o Parlamento aprovou a lei eleitoral para os conselhos provinciais, mas o Conselho da Presidência iraquiana tinha solicitado aos deputados que revisassem a representação das minorias nas diferentes Câmaras locais. EFE ah/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG