Conselho do Irã não vai anular eleição, diz porta-voz

TEERÃ. (Reuters) - A mais alta instância legislativa do Irã, o Conselho de Guardiões, recusou nesta terça-feira um pedido da oposição derrotada para que as eleições presidenciais do país realizadas na semana passada sejam anuladas. Baseado na lei, a demanda desses candidatos para o cancelamento da votação, isso não pode ser considerado, disse o porta-voz do conselho, Abbasali Kadkhodai, à TV estatal.

Reuters |

O candidato moderado Mirhossein Mousavi, que ficou em segundo lugar no pleito vencido pelo presidente linha-dura Mahmoud Ahmadinejad, contestou os resultados oficiais divulgados no sábado e pediu que as eleições fossem canceladas.

O conselho, no entanto, afirmou que fará uma recontagem dos votos.

(Reportagem de Parisa Hafezi)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG