Conselho de Segurança reafirma posição sobre questão nuclear iraniana

Nações Unidas, 27 set (EFE).- O Conselho de Segurança da ONU se reuniu hoje novamente para reafirmar as três resoluções anteriores, que deram espaço à imposição de sanções contra o Irã por seu programa de enriquecimento de urânio.

EFE |

A reunião aconteceu um dia depois de os cinco membros permanentes do conselho, mais a Alemanha, se unirem perante o perigo de uma cisão nesta matéria pelas diferenças sobre a imposição de novas sanções ao Irã.

Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia e China e Alemanha apresentaram na sexta-feira um novo projeto de resolução em reunião de urgência do principal órgão da ONU.

O breve texto apresentado pelo grupo toma nota do último relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) no qual adverte que Teerã não ofereceu informação suficiente para dissipar as dúvidas sobre a natureza de suas atividades nucleares.

O chanceler britânico, David Miliband, assegurou hoje à imprensa que há "consenso" entre os seis países sobre o Irã.

EUA, França e o Reino Unido tinham se mostrado favoráveis a impor uma nova rodada de sanções contra o Irã, mas os outros dois membros permanentes do conselho, Rússia e China, mostraram certa oposição, o que transmitiu uma impressão de divergências.

"Não há fraqueza alguma", assegurou Miliband, que disse também que o novo projeto de resolução ressalta a união entre os seis países. EFE emm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG