O embaixador americano em final de mandato nas Nações Unidas, Zalmay Khalilzad, recebeu uma calorosa homenagem de seus colegas nesta sexta-feira e fez sua última aparição oficial no Conselho de Segurança.

"Nunca nos esqueceremos de sua paixão. Zalmay Khalilzad fez seu trabalho de embaixador dos Estados Unidos com graça", declarou o embaixador francês, Jean-Maurice Ripert, presidente do conselho este mês.

"Um grande diplomata, mas um duro negociador, sempre pôs em prática seu velho ditado: sempre negociar, nunca romper o diálogo", continuou Ripert.

"Zalmay Khalilzad foi capaz, depois de um período difícil, de aproximar os Estados Unidos das Nações Unidas".

Outros embaixadores se somaram ao tributo.

"Merci beaucoup (muito obrigado) por essas calorosas e amáveis palavras sobre mim", respondeu Khalilzad. "Para mim, foi uma grande honra representar os Estados Unidos nas Nações Unidas e nesse Conselho".

"Acho que os Estados Unidos precisam das Nações Unidas, e que as Nações Unidas precisam de uma participação ativa dos Estados Unidos", acrescentou.

Khalilzad, que nasceu no Afeganistão, será sucedido por Susan Rice, a embaixadora nomeada pelo presidente eleito, Barack Obama, que assume o comando na próxima terça.

ga/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.