Conselho de Segurança da ONU condena atentados de Mumbai

O Conselho de Segurança da ONU condenou duramente na noite de quinta-feira os atentados em série cometidos em Mumbai, e lembrou a todos os Estados que cabe a eles combater o terrorismo, informou nesta sexta-feira a assessoria de imprensa da ONU.

AFP |

"Os membros do Conselho condenam nos termos mais fortes os atentados terroristas iniciados em 26 de novembro em Mumbai, que incluem seqüestros e deixaram muitos mortos e feridos", diz uma declaração à imprensa elaborada pelos 15 países membros do Conselho.

Eles também destacaram "a necessidade de levar ante a justiça os autores, organizadores, financiadores e idealizadores destes atos terroristas", e exortaram "todos os Estados a cooperar ativamente com as autoridades indianas neste sentido, em conformidade com os termos do direito internacional e com as resoluções pertinentes do Conselho de Segurança".

Em sua declaração, os 15 membros do Conselho reiteraram que "todos os atos de terrorismo são criminosos e injustificáveis, independentemente dos motivos pelos quais foram perpetrados", e reafirmaram "a necessidade de combater por todos os meios, em acordo com a Carta das Nações Unidas, as ameaças à paz e à segurança internacional que representam estes atos terroristas".

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenara os atentados na quarta-feira, pedindo a punição dos responsáveis.

hc/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG