O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou nesta terça-feira uma nova resolução autorizando a perseguição aos piratas no território da Somália durante um ano.

Patrocinado por França, Grécia, Libéria, Bélgica e Coréia do Sul, o texto é o quarto documento adotado pelo Conselho desde o mês de junho para tentar combater a pirataria marítima ao largo do litoral somali.

mes/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.