Teerã, 16 jun (EFE).- O Conselho de Guardiães está disposto a realizar uma nova apuração dos votos, mas apenas das urnas em que existam denúncias de irregularidades, anunciou hoje o porta-voz do organismo, Abbas Ali Kadkhodai.

EFE jm/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.