Conselho de Estado liberta primeiro-ministro da Mauritânia

Nuakchott, 11 ago (EFE) - O primeiro-ministro mauritano, Yahya Ould Ahmed el-Waghef, foi libertado hoje, assim como outras três personalidades detidas pelo Conselho de Estado, enquanto o presidente, Sidi Mohammed Ould Cheikh Abdallahi, permanece detido, informaram à Agência Efe fontes de partidos em Nuakchott.

EFE |

Waghef foi libertado junto com o ministro do Interior, Mohammed Ould Rzeizim, o diretor da Agência Nacional de Acolhida de Refugiados, Moussa Fall, e o ex-presidente do Conselho Econômico e Social, Ahmed Ould Sidi Baba.

A notícia foi confirmada à Efe pelo secretário-geral adjunto do Partido Nacional para a Democracia e o Desenvolvimento (PNDD-ADIL), Mohammed Mahmoud Ould Dahman. EFE mo/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG