Conselho da ONU impõe sanções contra braço da Al Qaeda no Iêmen

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O comitê de sanções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) colocou o braço da Al Qaeda no Iêmen e dois de seus líderes em uma lista negra da entidade internacional. Segundo a enviada norte-americana Susan Rice, a medida irá ajudar a enfraquecer o grupo.

Reuters |

A Al Qaeda na Península Arábica e seus dois líderes, Nasser al-Wahayshi e Qasim al-Raymi, que estavam entre os 23 militantes que escaparam de uma prisão em Sanaa em 2006, enfrentam agora congelamento obrigatório de bens em todo o mundo e proibição de viagens, disse Rice.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG