Conselho da ONU aprova contingente de 3.500 ao Haiti

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade, nesta terça-feira, um aumento temporário no número de tropas e policiais da entidade no Haiti em 3.500 para ajudar a manter a segurança e ajudar nos esforços humanitários ao país, devastado por um terremoto. Dessa forma, o contingente total da missão de paz da ONU no Haiti, conhecida como Minustah, subirá para 12.651, contra o nível atual de cerca de 9.000.

Reuters |

O embaixador chinês na ONU, Zhang Yesui, atual presidente do Conselho, disse a jornalistas após a votação que o contingente temporário tem mandato de seis meses.

Os 15 membros do Conselho afirmaram que a resolução é um reconhecimento das "circunstâncias terríveis e necessária urgência na resposta".

"Estou... grato ao Conselho de Segurança por sua rápida ação", disse o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, a jornalistas, acrescentando que a decisão é um "sinal claro de que o mundo está com o Haiti".

Ban disse que é importante que o contingente adicional chegue ao país o mais rápido possível, e acrescentou que isso pode ser feito "bastante rápido".

Os capacetes-azuis da ONU têm encontrado dificuldades em ajudar a manter a ordem e garantir a entrega de ajuda humanitária às vítimas do devastador terremoto que deixou a capital do Haiti, Porto Príncipe, em ruínas e matou até 200.000 pessoas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG