Congresso dos trabalhistas britânicos começa com pesquisas contra

Londres, 20 set (EFE).- O governante Partido Trabalhista britânico começa hoje seu congresso anual tendo que enfrentar más notícias, depois que uma pesquisa colocou a legenda 20 pontos percentuais abaixo da oposição conservadora.

EFE |

A pesquisa feita por YouGov, publicada pelo jornal "The Daily Telegraph"", dá aos conservadores 44%, aos trabalhistas 24% e aos liberal-democratas, segundo partido da oposição, 20%.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, sai também em baixa na pesquisa já que apenas 16% dos indagados consideram que ele é o líder que os britânicos precisam, enquanto 34% preferem ver o conservador David Cameron a frente do país.

Além disso, quase três de cada quatro eleitores se declaram insatisfeitos com a gestão política do premier e apenas 25% dos indagados consideram que ele é o político mais indicado para conduzir o país em meio à crise econômica.

Segundo especialistas, Brown tentará aproveitar a atual crise econômica para assegurar sua liderança no congresso, que durará até quarta-feira, se apresentando como o político com mais experiência para dirigir o país em meio à atual situação econômica.

O premier teve que fazer frente nas últimas semanas às chamadas de alguns opositores de dentro de seu partido que reivindicaram a realização de uma eleição interna diante da contínua queda de popularidade nas enquetes.

Essa oposição interna está, no entanto, desorganizada e não parece representar em princípio uma ameaça séria para Brown. EFE jr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG