O grupo de congressistas americanos que visita Cuba encontrou um ex-presidente Fidel Castro cheio de energia, revelou nesta terça-feira a representante democrata Barbara Lee.

"Nos pareceu cheio de energia, nos reunimos em sua casa, uma casa muito modesta. Sua mulher estava lá, seu filho tirou fotos, foi um encontro muito emotivo, de certa maneira", declarou Lee à rede de televisão CNN.

Castro "fez anotações, foi muito inquisitivo, nos pediu várias informações sobre o Dr. (Martin Luther) King Jr. porque o venera", disse Lee.

Os congressistas americanos realizam uma visita de cinco dias a Cuba para promover o diálogo entre o governo de Barack Obama e as autoridades da ilha comunista.

Segundo Gregory Adams, porta-voz da Seção de Interesses de Washington em Havana, o encontro com Fidel aconteceu na manhã de hoje, um dia após a reunião do grupo com Raúl Castro, atual presidente e irmão de Fidel.

No encontro com os congressistas, Raúl Castro reiterou sua disposição em dialogar com "igualdade" e "respeito" com o novo governo dos Estados Unidos.

Em artigo publicado nesta terça, Fidel Castro afirma dar valor ao "gesto" dos representantes democratas, que chegaram à ilha na sexta-feira passada para explorar a possibildade de um diálogo que encerre meio século de conflito bilateral entre os dois países.

mis/ap/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.