Congressista diz que Kadhafi não ficará em Nova Jersey

Um congressista de Nova Jersey disse nesta sexta-feira que o dirigente líbio Muammar Kadhafi desistiu de se hospedar em Nova Jersey se vier a Nova York em setembro para a Assembleia Geral da ONU.

AFP |

"Estou muito feliz com a desistência de Kadhafi", afirmou em comunicado o representante Steve Rothman.

De acordo com o parlamentar, que disse ter recebido a informação de diplomatas líbios radicados em Washington, a presença de Kadhafi "teria levantado questões desnecessárias de segurança para os moradores de Englewood e os diplomatas líbios".

Em Englewood, uma pequena cidade de 30.000 pessoas separada de Nova York pelo rio Hudson, onde a embaixada líbia tem uma propriedade, os supostos planos de estabelecer ali o acampamento de Kadhafi não tinham sido bem recebidos.

De fato, muitos parentes das 270 vítimas do atentado de Lockerbie vivem na área, e protestaram contra a visita.

Como país-sede das Nações Unidas, os Estados Unidos são obrigados a permitir que todos os chefes de Estado assistam à Assembleia Geral e possam se hospedar dentro de um raio de 25 milhas.

ltl/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG