Congo vota em eleições presidenciais denunciadas pela oposição

O Congo foi às urnas neste domingo numa votação sem incidentes para escolher entre seu atual presidente, Denis Sassou Nguesso, e doze adversários, seis dos quais pediram o boicote das eleições denunciadas como paródia eleitoral.

AFP |

Sassou Nguesso, de 66 anos, é apoiado por uma centena de partidos e associações que formam a Reunião pela Maioria Presidencial (RMP).

Seu ex-ministro das Finanças, que se tornou um opositor radical, Mathias Dzon, de 62 anos, é considerado seu principal adversário.

Segundo os observadores, a baixa participação marcou a votação. Mathias Dzon e cinco outros opositores publicaram na noite deste domingo uma declaração comum na qual estimam a abstenção em ais de 90% e pedem a realização de uma nova eleições. Também denunciaram a ocorrência de fraudes.

Segundo as cifras oficias, 2,2 milhões de congoleses estão inscritos para votar numa população total de 3,6 milhões.

Se nenhum candidato obtiver mais de 50% dos votos, será organizado um segundo turno numa data ainda a determinar.

lmm-fpg/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG