Confrontos na Turquia entre rebeldes do PKK e militares matam 2

Istambul, 8 ago (EFE).- Um militar turco e um militante do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) morreram e outro soldado ficou ferido durante os combates registrados na madrugada de hoje na província de Hatay, depois que os rebeldes curdos atacaram um grupo de militares.

EFE |

A Delegação do Governo em Hatay informou hoje que militantes do PKK atacaram na madrugada um grupo de soldados que fazia patrulha nesta zona do sul da Turquia, matando um e ferindo outro.

Após a ação do PKK, o Exército turco implementou uma ampla operação militar de busca, durante a qual um membro do grupo foi morto.

O soldado ferido foi levado ao hospital de Antayka, onde foi internado.

O PKK pegou em armas em 1984 para reivindicar autonomia para os 12 milhões de curdos que vivem na Turquia.

Desde então, mais de 40 mil pessoas morreram na guerra não declarada entre as forças de segurança turcas e o PKK, organização considerada terrorista pela União Europeia (UE) e pelos Estados Unidos. EFE amu/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG