Confrontos na Turquia deixam quatro mortos

Ancara, 18 jul (EFE) - Dois soldados turcos e dois milicianos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) morreram em dois choques diferentes registrados ao sudeste da Turquia. Segundo a imprensa turca, patrulhas do Exército turco localizaram um grupo de combatentes do PKK em uma zona rural de Genc, na província de Bingol (sul). Diante da recusa dos guerrilheiros em depor as armas, houve um combate no qual dois dos milicianos foram mortos. A ação deixou ferido gravemente o tenente Serkan Gencer, que, posteriormente, morreu em um hospital.

EFE |

Em outro confronto, na província de Sirnak, um soldado foi morto por rebeldes do PKK nas montanhas de Kupeli.

Na última semana, outros 36 rebeldes do PKK foram mortos em ações do Exército turco, que, com as baixas de hoje, perdeu oito de seus soldados.

O PKK iniciou sua luta armada a favor de mais direitos para a minoria curda em 1984 e, desde então, mais de 35 mil pessoas morreram nesta guerra não declarada entre o Exército turco e os guerrilheiros curdos. EFE dt/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG