Confrontos matam 4 soldados e 4 rebeldes na Caxemira indiana

Nova Délhi, 23 set (EFE).- Pelo menos quatro insurgentes e quatro militares indianos, entre eles um major do Exército, morreram em dois confrontos registrados na Caxemira indiana, informou hoje uma fonte policial.

EFE |

O superintendente da Polícia do distrito de Bandipora, Sheikh Junaid, disse à agência "Ians" que, ontem, soldados lançaram uma operação contra "terroristas" na região de Banyari.

Militares e rebeldes trocaram tiros por 24 horas. Além de um major das forças especiais do Exército, morreram dois insurgentes.

"Os terroristas se esconderam em uma casa. Foi pedido que se rendessem, mas eles abriram fogo com armas automáticas", destacou o superintendente.

"O tiroteio já acabou, mas a operação continua", acrescentou.

Segundo Junaid, os rebeldes mortos são paquistaneses de um grupo islâmico.

Já no distrito caxemiriano de Baramulla, dois membros das forças de segurança e dois fundamentalistas perderam a vida em outro combate travado ontem, acrescentou a "Ians". EFE amp/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG