Confrontos matam 4 soldados britânicos e 6 insurgentes no Afeganistão

(atualiza com a nacionalidade britânica dos soldados mortos) Cabul e Londres, 13 dez (EFE).- Pelo menos quatro soldados britânicos e seis insurgentes morreram ontem em diferentes episódios de violência registrados no sul do Afeganistão, informou hoje o Ministério da Defesa do Reino Unido.

EFE |

Um soldado do Comando 45 morreu com a explosão de uma bomba enquanto vigiava a região área de Sangin, na província de Helmand.

Pouco depois, em outra explosão, também em Sangin, três militares -dois do Comando 45 e outro do Regimento de Logística- perderam a vida durante operações contra as forças inimigas, segundo o Ministério da Defesa britânico.

Com estes quatro, chega a 132 o número de soldados britânicos mortos no Afeganistão desde o começo das operações aliadas no final de 2001.

"A luta contra os talibãs no Afeganistão situa nossas forças armadas à frente (da luta) contra o terrorismo", disse o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown.

Enquanto isso, na província sudeste de Zabul, as forças da coalizão liderada pelos EUA mataram um insurgente durante uma operação.

Segundo um comunicado do comando militar americano, a ofensiva foi lançada simultaneamente em Zabul e na província de Cabul, a apenas 30 quilômetros da capital afegã, contra líderes talibãs e do grupo fundamentalista Hizb-e-Islami (Gulbudín), chefiado pelo ex-mujahedin Gulbudín Hekmatyar.

Em outra operação, as forças afegãs e americanas mataram cinco supostos talibãs na província de Helmand durante o transcurso de uma operação no distrito de Nahr Surkh. EFE nh-amp/vg/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG