Confrontos entre tribos rivais já deixam 33 mortos no Paquistão

Islamabad, 22 jun (EFE).- Pelo menos 33 pessoas morreram nos combates que explodiram ontem entre duas tribos rivais e que ainda continuam no noroeste do Paquistão, informou hoje a emissora Geo TV.

EFE |

Os confrontos, nos quais os dois grupos usam tanques, mísseis e vários tipos de armas automáticas, acontecem no distrito tribal de Khyber, na fronteira com o Afeganistão.

Muitos habitantes do local tiveram que abandonar suas casas para seguirem para áreas mais seguras, pois ainda não alcançou um cessar-fogo entre os dois lados.

No dia de ontem, 29 pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas.

Esta região do cinto tribal paquistanês, na qual está uma das passagens mais movimentadas para atravessar a fronteira com o Afeganistão, é especialmente instável.

Nos últimos quatro meses, em Khyber aconteceram seqüestros como o de um ônibus de 40 passageiros, o de dois funcionários da ONU e o do embaixador paquistanês no Afeganistão, Tariq Azizuddin, que foi libertado recentemente. EFE igb/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG