Confrontos entre tribos deixam mais de 20 mortos em Darfur

Pelo menos 26 pessoas morreram em confrontos entre duas importantes tribos de Darfur que disputam o controle de um território do oeste do Sudão, anunciaram um líder tribal e a imprensa local.

AFP |

"Os combates causaram 26 mortes e quatro feridos em nosso grupo", declarou à AFP o líder dos Habaniya, Jaafar Ali al-Ghali. Segundo ele, o confronto com a tribo Fellata aconteceu no sábado. O jornal oficial Al Ray al-Aam informou um balanço neste domingo de 34 mortos e nove feridos.

"Temos informações sobre combates em Darfur Sul entre os Habaniya e os Fellata por um litígio territorial", declarou à AFP Ahmed Salah, porta-voz da Força de Manutenção da Paz ONU-União Africana em Darfur (MINUAD), sem anunciar um balanço.

Os Habaniya são nômades árabes, aliados tradicionais do governo central de Cartum, e os Fellata são nômades descendientes de africanos que no passado estiveram envolvidos com milícias árabes.

As duas tribos são muçulmanas e vivem próximas, 100 quilômetros ao sul de Niala, a capital de Darfur Sul. A região de Darfur também é cenário de uma guerra civil que deixou 300.000 mortos desde 2003, segundo a ONU, e 10.000, segundo o governo sudanês.

    Leia tudo sobre: confrontos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG