Confrontos entre soldados e rebeldes deixam 10 mortos no Iêmen

Sana, 29 mar (EFE).- Pelo menos oito rebeldes xiitas e dois soldados morreram nos confrontos que, desde sexta-feira passada, ocorrem na província de Saada, no noroeste do Iêmen, informaram hoje à Agência Efe fontes oficiais da província.

EFE |

Os choques armados teriam começado na região montanhosa de Maraan, depois que o Exército impediu militantes do grupo rebelde xiita Jovens Fiéis de criar um caminho para ter acesso aos locais que controlam.

Desde 2004, a província de Saada foi palco da chamada "rebelião xiita" realizada por fiéis da seita dos seguidores do clérigo Abdul-Malek al-Houthi, que acusam o Governo de discriminação.

Os combates na zona prosseguem, apesar de, em julho, o presidente iemenita, Ali Abdulah Saleh, ter anunciado o fim dos confrontos entre as tropas governamentais e os insurgentes, que, em quatro anos, já mataram centenas de pessoas e deslocaram outras milhares de seus lares. EFE ja/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG