Confrontos entre rebeldes e mai-mai na RDC se estendem a Kanyero

Kinshasa, 1 dez (EFE) - Os confrontos entre rebeldes do Congresso Nacional para a Defesa do Povo (CNDP) e os milicianos mai-mai se estenderam hoje à localidade de Kanyero, localizada 60 quilômetros ao oeste de Goma, indicaram fontes da ONU.

EFE |

As fontes afirmam que as facções rivais que há dias se enfrentam no território de Masisi trocaram tiros e causaram deslocamentos de civis que conseguiram refúgio na Zâmbia.

Mais de seis mil pessoas chegaram desde sábado a Masisi, enquanto outros se dirigiram para o sul, para Nyabiondo, declarou o coronel Mugabo, comandante das tropas mai-mai no setor.

Segundo ele, seus seguidores frearam a ofensiva dos combatentes do CNDP em direção a Katoyi, no território de Kasenyi.

O CNDP afirmou ter decidido se retirar do eixo Nyamilima-Ishasha no território de Rutshuru para dar uma oportunidade à paz.

A população do setor confirmou a retirada dos rebeldes até Kisharon, menos de 20 quilômetros ao norte de Kiwanja.

Segundo a Missão de Paz da ONU na RDC (Monuc) a retomada dos confrontos no leste da RDC reduziu o número de candidatos ao retorno dos congoleses refugiados na Zâmbia.

"Justamente antes dos combates na região do Kivu, tinha subido o número de refugiados que se registravam voluntariamente para ser repatriados", afirmou o representante em Lusaka do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur), James Lynch.

No entanto, agora, poucos deles tentavam se registrar e alguns que tinham feito desistiram na última hora por causa dos combates, disse Lynch. EFE py/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG